“Diálogo é fundamental para sucesso da política de assistência social”, afirma ministro

Brasília – O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, ressaltou, nesta quarta-feira (18), que o diálogo com os gestores é fundamental para que os resultados da Política Nacional de Assistência Social cheguem a quem realmente precisa. Ele se reuniu com secretários estaduais e municipais de assistência social, em Brasília, durante encontro da Comissão Intergestores Tripartite (CIT).

“Os Estados e municípios são os principais parceiros do Ministério do Desenvolvimento Social na condução das ações sociais em todo o país. Então, uma interlocução adequada, o respeito mútuo, a composição e construção de políticas públicas em comum na esfera nacional é essencial”, destacou.

Beltrame lembrou ainda que conhece de perto as necessidades do setor desde a época que ocupava o cargo de secretário executivo da pasta. O ministro também apontou a importância de fazer uma boa gestão dos recursos públicos, citando ações que o MDS tem executado nos últimos meses como a revisão dos benefícios de auxílio-doença e de aposentadoria por invalidez do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além do pente-fino no Bolsa Família – que possibilitou zerar a fila de espera – e no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Para ele, o sucesso do programa Criança Feliz e do Plano Progredir exige a participação efetiva de todos. “Os municípios e os Estados têm um papel muito relevante nesse processo, assim como no direcionamento e na melhoria da gestão dos programas sociais, possibilitando que os recursos cheguem às mãos de quem realmente necessita”, explicou.

Segundo a presidente do Fórum Nacional dos Secretários de Estado de Assistência Social (Fonseas), Elisa Nobre, a participação do ministro na reunião da CIT gera boas expectativas em relação à continuidade dos serviços e programas. “Quando estamos em uma crise financeira como a que passamos agora, todos os nossos serviços são abalados. E, se não tivermos um diálogo muito aberto com todas as instâncias, isso vai prejudicar ainda mais o atendimento do nosso público-alvo, aquele que está lá na ponta”, declarou.

A representante do Colegiado Nacional de Gestores da Assistência Social (Congemas), Andreia Lauande, aprovou a ida de Alberto Beltrame à comissão para escutar as demandas da área. “A aproximação do ministro com a CIT é importante para que a gente possa apresentar também aquilo que nos causa inquietação, o que achamos que pode comprometer a Política Nacional de Assistência Social”, afirmou ela.

Saiba mais
A Comissão Intergestores Tripartite (CIT) é um espaço de articulação e negociação entre os gestores federais, estaduais e municipais e têm caráter deliberativo na gestão operacional da política de assistência social.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505

%d blogueiros gostam disto: